Flávio Dino já visualiza derrota da oposição em 2022
Compartilhe

A falta de união da esquerda expõe a fragilidade da oposição e a garantia de vitória de Bolsonaro em 2022

Flávio Dino já visualiza derrota da oposição em 2022 porque não há união na esquerda. Com isso, o desespero e falta de união da esquerda vem à tona através de entrevista do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) ao Correio Braziliense.

Em entrevista ao Correio, ele disse que a oposição precisa deixar de lado as divisões do passado e buscar um protagonismo em torno de soluções para os graves problemas do país. Com os argumentos expostos, Flávio Dino já visualiza derrota da oposição em 2022.

Eu, na verdade, não tenho a ilusão de que vamos juntar toda a oposição com uma só candidatura. Eu, realmente, não acredito que a oposição estará unida em uma candidatura única em 2022. Mas acredito que a gente deve tentar. Quanto mais união, melhor, inclusive, para além da esquerda.“, disse Flávio Dino.

Em pesquisa feita pela Veja/Paraná Pesquisas entre 26 a 29/04, aponta que mesmo com a união da oposição os percentuais dos candidatos de esquerda, Fernando Haddad(PT) com 15,4%, Ciro Gomes (PDT) com 11,1% e Flávio Dino com 1,4%, atingiriam apenas 27,9%, a união não seria suficientes para passar Bolsonaro que no mesmo cenário pontuou 29,1%.

CANDIDATOSCENÁRIO 1 (%)CENÁRIO 2 (%)CENÁRIO 3 (%)
Jair Bolsonaro (Sem partido)2726,329,1
Lula (PT)23,1
Sergio Moro (Sem partido)18,117,5
Fernando Haddad (PT)14,115,4
Ciro Gomes (PDT)10,38,111,1
Luciano Huck (Sem partido)68,1
Luiz Henrique Mandetta (DEM)6,8
João Amoêdo (NOVO)444,5
João Doria (PSDB)3,73,84,4
Flávio Dino (PCdoB)1,4
Marina Silva (REDE)2,3 
Guilherme Boulos (PSOL)1,20,7 
Wilson Witzel (PSC)11,21,1
Não sabe5,44,75,9
Nenhum9,28,312,2

Em Live recente com o ex presidente Lula, Flávio Dino passou vexame nacional quando não conseguiu atrair muitos internautas para acompanhar o debate.

Governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB)

Fontes: Correio Braziliense e O Brasilianista