Capitão da Polícia Militar é preso em flagrante acusado de estuprar mulher dentro de hospital em São Luis
Compartilhe

O crime ocorreu na madrugada deste domingo (10), por volta das 04h37, quando capitão da Polícia Militar de 35 anos que é lotado no CFAP e também é médico, teria cometido o estupro dentro de um hospital de São Luís.

A vítima é uma técnica de enfermagem de 32 anos que sendo informações já vinha sofrendo perseguições do oficial a dias e na madrugada de domingo não se conteve o cometeu o estupro dentro do hospital Genésio Rego, que fica localizado no bairro da Vila Palmeira. O capitão é recém formado em medicina.

À vítima estava no repouso dormindo quando o acusado à atacou, a vítima fortemente abalada após o ocorrido saiu às pressas do local e foi para sua residência de onde ligou para o 190 e foi orientada a procurar uma delegacia. O militar foi encaminhado para a Casa da Mulher Brasileira onde à vítima já se encontrava e foram coletados depoimentos da vítima e do acusado.

Foi feito o auto de prisão em flagrante delito e o oficial acusado foi recolhido para o Manelão, um presídio que fica no Comando Geral da Polícia Militar no Calhau.

Abrir converva
Olá!
Como posso ajudar?