Concurso da Guarda de São Luís tem Banca e quantidade de vagas definidas, confira

AJUDE COMPARTILHANDO

Instituto Selecon é definido como organizador novo concurso para a Guarda Municipal de São Luís MA com 111 vagas

A Prefeitura de São Luís, no Maranhão, prepara um novo concurso para ingresso na Guarda Municipal. A oferta será de 111 vagas para profissionais com o ensino médio completo. 

O número de oportunidades consta na dispensa de licitação para contratação do Instituto Selecon como organizador do concurso. A dispensa foi divulgada no Diário Oficial do Município, como descrito abaixo:

O Instituto Selecon será o responsável por receber as inscrições do concurso em seu site, viabilizar e aplicar as etapas, como provas objetivas.

De acordo com o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, o edital deve ser publicado ainda no primeiro semestre, ou seja, até 30 de junho. 

O edital do concurso para nossa Guarda vai sair ainda no primeiro semestre“, disse o prefeito. 

Tradicionalmente, a carreira de guarda municipal tem como requisito apenas o ensino médio completo. As remunerações atualizadas não foram informadas.

O concurso traz a cobrança de exames objetivos e testes físicos. Os aprovados ainda passam por um curso de introdução à carreira, com aulas teóricas e práticas.

A expectativa é que a prefeitura contrate pelo regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia aos servidores após o estágio probatório.

A Guarda Municipal de São Luís, criada pela Lei 2.968 de 06 de julho de 1989, é uma corporação uniformizada e armada, subordinada à Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania, regida sob a égide da hierarquia e disciplina.

Último concurso Guarda de São Luís MA foi em 2006

O último concurso para ingresso na Guarda Municipal de São Luís, no Maranhão, ocorreu há 16 anos.  O edital trouxe a oferta de 240 vagas para o cargo de guarda municipal na 2ª classe.

Foram abertas também vagas para guarda municipal salva-vidas e músico. O requisito para se candidatar foi ter o ensino médio completo. A jornada de trabalho era de 40 horas por semana.

Na época, o salário inicial era de R$363 com acréscimo de compensação orgânica de 80% e de risco de vida de 40%. No entanto, com o passar do tempo, o valor foi reajustado. 

Os candidatos foram avaliados por três etapas: prova objetiva, teste de avaliação física e teste de avaliação psicológica.

Na primeira fase, os candidatos tiveram que responder a 100 questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos.

A partir do número de acertos, os candidatos receberam notas de zero a dez pontos, sendo habilitado quem obteve o mínimo de cinco pontos. Na avaliação física, os convocados tiveram que realizar os exercícios de desenvolvimento com halter, barra, abdominal e corrida.

Os aprovados em todas as etapas ainda passaram por curso de formação de guardas municipais.

Deixe seu comentário

error: