DENÚNCIA: Agentes públicos quebram decreto e promovem festa clandestina em Palmeirândia
Compartilhe

Enquanto o Brasil bate recorde em numero de mortos a cada dia pela pandemia do novo coronavírus, à Covid-19, em Palmeirândia o mal exemplo parte de agentes públicos que deveriam zelar pela vida dos munícipes.

Recebemos agora a noite denuncia que algumas pessoas estariam em uma festa clandestina organizada no povoado Malhada e entre os participantes Vip estariam o Secretário Municipal de Cultura, o Coordenador de Enfermagem um GCM e outras personalidades bastante reconhecidas na cidade de Palmeirândia.

É lamentável ver que agentes públicos descumprindo os decretos estabelecidos tanto pelo Governo do Estado quando pela Prefeitura, espera-se que esse ato não sirva de exemplo para que outras pessoas possam enveredar pelo mesmo caminho.

Outro fato triste é que nesta última sexta-feira, 28 de março, tivemos um óbito no município e que provavelmente foi ocasionado pela Covid-19. Fica aqui uma nota de repúdio ao ato desrespeitoso e criminoso praticado pelos envolvidos.

Abrir converva
Olá!
Como posso ajudar?