Em Cajari, vídeo de paciente amarrado em cama de hospital revolta população; tratamento ou tortura?

AJUDE COMPARTILHANDO

Nesta sexta-feira (20), recebemos um vídeo em que aparece um homem amarrado desumanamente a uma cama, no Hospital Municipal de Cajari, é possível constatar que ele está se debatendo e muito agoniado.

O paciente foi identificado como Nonato, morador da Rua do Quebra, informações apuradas dão conta que ele tem problema de epilepsia e teve duas fortes crises sendo encaminhado para o hospital da cidade.

O que mais revoltou a comunidade, foi a forma que o paciente foi imobilizado, com braços, pernas e o tórax amarrados com ataduras e com total desconforto, chamou atenção o fato dele está sem supervisão de profissionais. Pelas imagens fica evidente que ele recebeu uma tratamento análogo à tortura.

O município de Cajari está passando por sérios problemas administrativos na gestão do atual grupo político composto pelo prefeito Constâncio Souza (PDT) e pela família Gomes, do presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT).

Confira o vídeo:

O caso aconteceu nesta sexta-feira, após tomarmos conhecimento da situação levamos o caso ao conhecimento das autoridades policiais e judiciais para poderem adotar as devidas providências. Esperamos que a Polícia Civil com o Ministério Público, Secretária de Direitos Humanos do Estado possam se manifestar sobre o assunto e adotem as devidas providências.

Deixe seu comentário

error: