Mais de 40 mil empresas são abertas no Maranhão em 2019
Compartilhe

Dados da Junta Comercial do Maranhão (Jucema) revelam que a abertura de empresas em 2019 deu um salto de 39,16% em relação a 2018. O percentual equivale a 41.325 novos negócios no acumulado entre janeiro e dezembro e consolida o maior número de empresas já registradas em um ano no estado.

Número de empresas abertas no Maranhão ultrapassa 40 mil registros

O setor de comércio lidera a quantidade de empresas abertas com 16.924, representando 47,39% das formalizações. O setor de Serviços vem em seguida com 14.077, correspondendo ao aumento de 39,41% se comparado ao número de empresas do setor abertas no mesmo período de 2018.

No ranking das dez cidades maranhenses mais escolhidas para a abertura de empresas, São Luís está no topo, em segundo lugar está Imperatriz, depois São José de Ribamar, Timon, Paço do Lumiar, Balsas, Caxias, Açailândia, Bacabal e Santa Inês.

Para o presidente da Jucema, Sérgio Sombra, os números são animadores e comprovam que o Governo do Estado tem direcionado ações que estimulam o empreendedorismo. Sérgio Sombra também aponta a gestão humanizada como outro diferencial com reflexo direto nessa sucessão de números recordes. “Essa é umas das marcas adotadas pelo governo estadual e a Jucema tem seguido essa orientação para prestar um atendimento cada vez mais próximo do cidadão”, diz.

O fortalecimento da gestão humanizada em conjunto com outras ações garante a satisfação de quem busca os serviços da Jucema. Sérgio Sombra citou a Jucema 100% Digital, inciativa totalmente concluída no ano passado, como um dos exemplos mais arrojados de 2019 para tornar o registro empresarial acessível, seguro e mais rápido a todos os empreendedores.

O presidente reafirmou que o bom desempenho do estado tem sido uma constante e deve seguir positivo em 2020. Ele destacou que o órgão tem trabalhado em várias frentes para dinamizar o registro de empresas no estado e, em sintonia com as ações do Governo do Maranhão, garantir que os cidadãos não tenham dificuldade para concretizar o sonho de abrir seu próprio negócio.

Fonte: Jucema

Abrir converva
Olá!
Como posso ajudar?