Manaus foi a segunda capital que menos recebeu repasses federais em 2020
Compartilhe

Capital do Amazonas, que enfrenta colapso na saúde devido à alta nos casos de Covid-19, recebeu R$ 1.063,26 por habitante, valor que fica acima apenas da cidade do Rio de Janeiro.

A cidade de Manaus (AM), que enfrenta um colapso do sistema de saúde devido à disparada no número de casos de Covid-19, foi a segunda entre as 27 capitais do país que menos recebeu recursos federais por habitante em 2020.

A capital do Amazonas recebeu R$ 2,36 bilhões no ano passado, o que equivale a um valor médio de R$ 1.063,26. Esse valor só não é mais baixo que o da cidade do Rio de Janeiro, que recebeu o equivalente a R$ 946 por habitante em 2020.

No topo aparecem Vitória (R$ 4.017 por habitante), Palmas (R$ 4.015) e Porto Alegre (R$ 3.473). Os valores consideram todos os repasses federais, inclusive verba para ações de combate à pandemia.

Mais cedo neste sábado (16), o presidente Jair Bolsonaro havia informado o total dos repasses a Manaus por meio de uma rede social. O presidente vem recebendo críticas pelo colapso no sistema de saúde na capital do Amazonas, que enfrenta falta de oxigênio para tratamento dos pacientes de Covid.

Fonte: G1

Abrir converva
Olá!
Como posso ajudar?