PERI MIRIM – RETROSPECTIVA 2021, CORRUPÇÃO, POLÍTICA E ESPERANÇA

|

O município de Peri Mirim está sofrendo por causa das últimas gestões que vêm limitando o desenvolvimento local com a péssima gestão do dinheiro público. Em 2020 o povo em busca de melhorias acreditou que a melhor escolha para substituir o então prefeito a época, Dr Geraldo Amorim (MDB), seria o candidato intitulado Heliezer do Povo (PCdoB), que obteve 68,69% dos votos naquele pleito.

A vitória de Heliezer Soares (PCdoB), foi garantida por maioria absoluta da população que via em sua pessoa a esperança para avanços estruturais e investimentos públicos para garantir o desenvolvimento do município e melhorias dos serviços públicos prestados. Porém com toda a força de vontade do povo o prefeito até hoje não se enquadrou ao seu papel de gestor e caiu em desgraça, sendo seu primeiro ano de administração caótico e proporcionado grande parte por pessoas do seu próprio ciclo familiar que lhe colocaram a faca na garganta.

HISTÓRICO

Segundo relatos levantados para editorial dessa matéria o prefeito Heliezer Soares sempre foi um homem humilde, que criado em meio a grandes confrontos familiares por ser filho bastardo e o faz tudo no lar do pai, onde foi humilhado por diversas vezes, conseguiu emplacar na política por mérito próprio conseguindo alguns mandatos de vereador e um de vice-prefeito, conseguiu lograr êxito na segunda tentativa na corrida para comandar o executivo municipal de Peri Mirim.

Heliezer sempre é conhecido pela sua simplicidade, ingenuidade e coração mole, o que parecia ser o que o eleitor estava procurando para representá-lo em nas eleições de 2020, contudo, essas características só complicaram sua vida pública, assim que assumiu o comando do executivo em 1º de janeiro de 2021.

Um grupo composto por um casal de irmãos e alguns amigos se aproveitando da falta de pulso firme e rigidez na tomada de decisão se aproveitaram para montar uma organização criminosa que lesaram os cofres públicos e os principais serviços de competência de poder público municipal em Peri Mirim, onde ocorreu despejo por falta de pagamento de aluguel, atraso no pagamento de fornecedores, salários, desvios de medicamento e outras mazelas.

A qualidade que o ex-prefeito, Dr Geraldo (MDB), tinha de sobra em ser rígido e rigoroso com seus subordinados a se atentarem em obedecer a suas determinações, faltou no atual gestor que soltou a rédea da situação que o colocou como subordinado das vontades do casal de irmãos e uns poucos “amigos” que hoje mandam no município.

Algumas das características do ex-prefeito Dr Geraldo Amorim poderiam ajudar muito o atual gestor de como conseguir reorganizar sua gestão.

O PREFEITO E OS IRMÃOS INIMIGOS

Apesar dos laços sanguíneos o casal de irmão é apontado como principal causa do desastre deste primeiro ano de gestão de Heliezer, com suspeitas de fraudes contratuais na educação e saúde. A saúde supostamente foi o meio pelo qual eles mais atuaram para lesar o erário público, agindo em conluio a secretária de saúde Jucivane Ferreira.

Em uma encenação protagonizada pela ex-diretora do hospital de Peri Mirim, Solange Soares, a secretária municipal de saúde, Jucivane Ferreira que listou 71 motivos para deixar a gestão e da irmã do prefeito e ex-secretária Adjunta de Saúde, Salma Serrão, deixaram o governo.

Mas tudo aconteceu somente após descoberta de desvios de medicamentos, furto de equipamentos, abuso no uso de combustível destinados à saúde desviados para uso pessoal, perseguição de alguns funcionários contratados. Mesmo depois de tudo isso a Secretária Jucivane Ferreira acabou implorando para retornar ao cargo e lá está novamente.

Recentemente o prefeito atrasou o pagamento do 13º e entrou em acordo com o sindicato para que efetuasse o pagamento no dia 10 de janeiro, esse atraso se deu por conta das decisões teratológicas de uma gestão perdida em corrupção e erros administrativos.

Desse modo, obtivemos informações que após desmanche da organização criminosa que vinha atuando na alta cúpula da saúde no município o gestor conseguiu economizar dinheiro suficiente para pagar o 13º dos funcionários antes da data acordada com o sindicato.

Informações recebidas dão conta que o irmão e presidente da Câmara de Vereadores Iury Serrão (PDT), juntamente com a irmã Selma Serrão e a secretária de saúde Jucivane Ferreira, teriam supostamente organizado um sistema de rachadinha com servidores fantasmas que após saída da irmã Salma da gestão e quebra do esquema o prefeito conseguiu economizar o suficiente para efetuar o pagamento do 13º aos funcionários que estava em atraso.

A VIDA DE LUXO

Salma Serrão já foi vista ostentando na compra de um celular de grife, um iPhone, ela também teria comprado uma motocicleta para filha, supostamente teria adquirido um apartamento e casa na capital, populares destacam que a vida financeira da ex-secretária adjunta melhor significativamente após ingressar na secretaria de saúde.

O presidente da Câmara de Vereadores Iury Serrão (PDT), é o mais estourado de todos, recentemente adquiriu um grande terreno em uma região supervalorizada da cidade de Pinheiro, nas proximidades do Supermercado Mateus, onde ele já loteou e estava vendendo às unidades.

Ele também comprou três cavalos de raça que segundo informações disseminadas por ele a amigos custaram mais de R$ 45 mil.

Está realizando uma reforma gigantesca em sua residência com direito a construção de uma piscina, fez um campo de futebol Society para os filhos, comprou uma casa na cidade de Pinheiro, e supostamente comprou um posto de combustível localizado na MA 106 no Povoado Bom Viver, em Pinheiro.

Iury Serrão (PDT) é suspeito em favorecer empresas em licitações junto a secretaria de educação. Com algumas informações sobre tudo esquema armado pelos familiares o prefeito acabou rompendo laços com os irmãos Salma e Iury.

Como presidente da Câmara Iury Serrão (PDT), ainda movimentou uma pequena fortuna entre pagamento de funcionários e contratos. Analisando um desses contratos achamos inconsistências, toda via iremos abordá-lo posteriormente de forma isolada pois merece toda atenção.

O presidente da Câmara movimentou até outubro quase R$ 900 mil entre folha de pagamento, contratos e despesas do órgão. Confira aqui os contratos e valores pagos de janeiro a outubro:

Salma ainda conta em retornar para a SEMUS junto a ex-diretora do hospital, Solange Soares, porém a rejeição dessa por parte da população é gigantesca. Não se sabe o porquê o prefeito ainda mantém a secretária de saúde no cargo uma vez que a mesma juntamente com Salma Serrão foi responsável pelo maior caos da história da saúde do município.

NOMES EM EVIDÊNCIA

Dentro do legislativo municipal quem mais se destacou no desempenho das suas funções foi o vereador Dr Charles (MDB), que apresentou dezenas de projetos sendo alguns de grande relevância sendo aprovados, ele ainda conseguiu abrir uma CPI para investigar contratos suspeitos do executivo referente à contratação de empresa para prestação de serviços de locação de automóveis e máquinas pesadas.

O ex prefeitável Gilmar Pereira que continuou sua caminhada a fim de consolidar seu nome e fortalecer seu grupo político em 2021, ele vem atuando de forma discreta na zona rural do município buscando apoio de lideranças locais, participando de encontros, cultos, mutirões solidários e organizando torneios de futebol uma das suas marcas registradas no município, que é o incentivo ao esporte.

O ex-prefeito Dr Geraldo Amorim, viu parte do seu grupo aderir ao projeto o vereador Dr Chales, mas ele já está fechando o ano se articulando para às eleições de 2022 onde pretende restabelecer sua hegemonia na oposição e buscar inflar seu nome para as próximas eleições de 2024. Em um cenário caótico gerado pela atual gestão ele ver uma chance de retornar ao poder pregando os tempos de glorias do seu primeiro mandato.

Em 2022 todos estão articulando seus próximos passos é um ano decisivo para o embalo das próximas eleições municipais, é um termômetro que mede a temperatura e força das lideranças políticas que almejam a tão sonhada cadeira do executivo.

Que 2022 seja diferente e tudo melhore! Feliz ano novo a todos!

Essa foi nossa retrospectiva com pitadas de denuncias e apreciando os principais nomes da política de Peri Mirim em 2021.

Leia mais notícias em joerdsonrodrigues.com.br siga nossa página no Twitter, Facebook e no Instagram @joerdsonrodrigues. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por meio do WhatsApp (98) 93300-0985.

Deixe seu comentário