Baixada: Prefeituras e Câmaras municipais torram R$ 2,38 bilhões em contratos em pouco mais de 3 anos e 8 meses
Compartilhe

Elaboramos um levantamento inédito sobre valores gastos em contratos realizadores por 18 prefeituras e câmaras municipais da baixada maranhense, durante o atual mandato. Todos os dados apresentados nesse levantamento foram extraídos diretamente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão – (TCE).

Os municípios que nós realizamos o levantamento foram: Anajatuba, Arari, Cajari, Matinha, Monção, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Pedro do Rosário, Penalva, Peri-mirim, Pinheiro, Presidente Sarney, Santa Helena, São Bento, São João Batista, São Vicente Férrer, Viana e Vitória do Mearim.

Os gastos realizados através desses contratos atingiram cifras astronômicas, valores vistos apenas em noticiários nacionais. Juntas, às prefeituras gastaram em 12.326 contratos, a bagatela de R$ 2.359.170.395,86 (dois bilhões e trezentos e cinquenta e nove milhões e cento e setenta mil trezentos e noventa e cinco reais e oitenta e seis centavos).

A campeã em gastos, à prefeitura de Viana, comandada pelo prefeito Magrado Barros, já gastou em contratos 825 o total de R$ 433.882.293,20, a segunda colocada, à prefeitura de Pinheiro, comandada por Luciano Genésio, através de 571 contratos já torrou R$ 335.273.139,90. Já a terceira colocada é a prefeitura de Pedro do Rosário, do prefeito Raimundo A. S. Borges, que já gastou a mixaria de R$ 248.579.644,40 em 648 contratos.

As Câmaras municipais da baixada em valores ficaram muito distantes das prefeituras, mas no total obtivemos um resultado milionários, juntas as casas legislativas assinaram 570 contratos que geraram em gastos o valor de R$ 28.999.541,18 (vinte e oito milhões e novecentos e noventa e nove mil quinhentos e quarenta e um reais e dezoito centavos).

O título de Câmara campeã em gastos ficou para São Bento, que por meio de 24 contratos torrou R$ 8.870.231,02. Em segundo lugar ficou a Câmara municipal de Viana com 33 contratos custando R$ 3.384.778,04, a terceira colocada ficou à Câmara municipal de Cajari que através de 47 contratos torrou R$3.048.132,32.

Prefeituras e Câmaras Municipais gastaram em contratos 12.896, à bagatela de R$ 2.388.169.937,04 (dois bilhões e trezentos e oitenta e oito milhões e cento e sessenta e nove mil novecentos e trinta e sete reais e quatro centavos). Todo esse dinheiro foi gasto em contratos assinados a partir de 1º de janeiro de 2017 até setembro de 2020.

Curiosidade: a prefeitura de Arari foi a que mais realizou contratos, foram 4136 contratos, já à Câmara municipal foi a única que não gastou nenhum centavo em contratos, pois não realizou nenhum contrato desde 1º de janeiro de 2017.

Saiba quanto cada município gastou em contratos, baixe o arquivo:

Relatorio-de-gastos-em-contratos

Contratos dos municípios e suas respectivas câmaras municipais: