EDILSON VAI DESTINAR  MAIS DE MIL MASCARAS E ÁLCOOL E GEL PARA POPULAÇÃO DE PALMEIRÂNDIA
Compartilhe

Palmeirândia já vinha vivendo dias difíceis, principalmente o povo da zona rural do município, estradas esburacadas, saúde precária, educação deficitária e outros problemas que afetam a população historicamente.

Em tempos de pandemia, onde o coronavírus (COVID-19), faz vítimas fatais diariamente limitando as ações e interações humanas o dia-dia da população palmeirandense vem se mostrando um tanto quando difícil, somada aos problemas já existentes antes da pandemia.

Vendo essa realidade monstruosa que Palmeirândia vive, com muitas famílias sofrendo pela falta de itens básicos de higiene e limpeza que EDILSON DA ALVORADA vem intensificando um assistencialismo humanitário as famílias mais fragilizadas do município. Nas primeiras fases do seu trabalho de assistencialismo às famílias Edilson distribuiu cestas básicas, agora ele está organizando para distribuição de kits de máscaras e álcool em gel à população mais vulnerável.

EDILSON é mais um exemplo de palmeirandense bem sucedido para população daquele município, ele vem de família humilde da zona rural de Palmeirândia, teve que se ausentar da sua terra natal em busca de oportunidades para vencer da vida e conseguiu, apesar disso, nunca perdeu suas origens e sempre esteve de mãos dada com seu povo, com os pés no chão, sempre atento às dificuldades do povo, ele está sempre disposto à ajudar como pode.

As entregas dos kit de máscaras e álcool em gel estão previstas para a próxima semana.

EDILSON fez questão em deixar sua mensagem:

Eu sou filho desta terra, me doí muito ver meus irmãos e irmãs sofrendo com falta de itens básicos como de higiene e limpeza, quando vejo que Palmeirândia já recebeu até o momento R$ 5.231.104,12 para a saúde, isso me doí ainda mais, pois vejo que o dinheiro chega aos cofres públicos, mas não ao povo, ver que desse dinheiro só para o enfrentamento ao coronavírus (COVID-19) vieram R$ 1.513.872,40 e não se ver quase nada feito e o povo a sorte de Deus é de causar indignação, mas sei que meu povo é forte e persistente e juntos vamos lutar para que possamos superar essa crise que vem se agravando a cada dia na nossa cidade, venceremos esses vírus”, disse EDILSON.