Icatu: Atuação da Defensoria Pública garante restabelecimento de água no Município
Compartilhe

Após 20 dias de intensas articulações administrativas com a Caema, a Defensoria Pública estadual garantiu o restabelecimento regular de água no Município de Icatu. O problema prejudicava moradores de diversas localidades, além disso comprometia o funcionamento dos órgãos e repartições locais, ocasionando severos prejuízos à sociedade.

O defensor público Alex Pacheco Magalhães assinou os ofícios encaminhados à concessionária de água e esgoto que abastece Icatu. Neles, Alex Pacheco solicitava a adoção de medidas voltadas ao restabelecimento imediato do fornecimento de água para todos os moradores atingidos do Município.

Durante as tratativas e investigações, descobriu-se que o problema seria em um poço, chamado P4, que ficou vazio por conta de defeito na bomba. Resolvido o problema técnico, a água foi restabelecida chegando até a torneira dos cidadãos”, destacou Pacheco, lembrando que os moradores gravaram vários vídeos de agradecimento pelo serviço prestado à comunidade.

Justiça – Também houve articulação com o Poder Executivo Municipal para que a gestão pudesse disponibilizar o serviço de carros pipa para bairros atingidos com a falta d’água. “Infelizmente a Prefeitura não foi sensível às nossas reivindicações extrajudiciais, portanto nos vimos na obrigação de cobrar, na Justiça, justo reparo aos moradores que passaram meses e até anos convivendo com a falta desse direito básico constitucional”, afirmou o defensor.