Palmeirândia: mais um contrato suspeito e outra obra eleitoreira da administração Garcia
Compartilhe

Nada como uma licitação gorda em ano de eleição, essa é uma jogada usada por muitos prefeitos em anos de eleição, uma maneira de tentar melhorar a imagem perante a opinião pública e, alguns, usam para levantar verbas para campanha.

E véspera a eleição, a empresa queridinha da prefeitura de Palmeirândia ganha mais um contrato milionário , para realização para elaboração de projeto executivo e execução de obra de pavimentação asfáltica entre os povoados Curitiba e Agrovila.

Já são 119 contratos em 3 anos e 8 meses de governo Jorge Garcia. Em maio já havíamos feito matéria alertando os números absurdos de contratos que a empresa EL DOURADO conseguiu na atual gestão:

O novo contrato da queridinha está orçado no valor de R$ 1.820.740,95. Nesse processo licitatório foram credenciadas cinco empresas, na primeira fase apenas três empresas seguiram adiante, duas foram desclassificadas por falta de documentação.

Até ai tudo bem, na segunda fase, o mesmo aconteceu, segundo à Comissão Permanente de Licitações, mais duas empresas foram desclassificadas por “Não atenda às exigências deste Edital”.

Com essa “jogada” a EL DOURADO foi declarada vencedora do certame uma vez que sua proposta está de acordo com as orientações editalícias, bem como apresentou o menor valor global a saber o RS 1.820.740,95 (um milhão, oitocentos e vinte mil, setecentos e quarenta reais e nove e cinco centavos).