Polícia Federal de olho na Prefeita de Porto Rico do Maranhão
Compartilhe

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (9), nas cidades de São Luís/MA e São José do Ribamar/MA, a Operação Cobiça Fatal. A finalidade é investigar possíveis desvios de recursos públicos federais que seriam usados no enfrentamento do novo coronavírus (COVID-19) em São Luís e outras cidades.

A Polícia Federal está de olho nas irregularidades, pois muitos prefeitos estariam desviando verbas federais destinadas ao enfrentamento do coronavírus (COVID-19). Há indícios de superfaturamento de EPIs, medicamentos e insumos para enfrentamento à pandemia.

A operação da PF fez a população de Porto Rico do Maranhão também ficar alerta, pois não é de hoje que a prefeita Tatyana Mendes é suspeita de práticas abusivas em contratação de empresas e serviços superfaturados.

O próprio blog do Vandovol Rodrigues já fez várias graves denúncias sobre licitações suspeitas na gestão da prefeita Tatyana Mendes. Confira algumas:

A prefeita de Porto Rico do Maranhão soltou nota por meio do mesmo BLOG que antes denunciava as suspeitas de irregularidades da sua gestão. Eita cala a boca que funcionou!

A nota tem por finalidade tentar abafar quaisquer irregularidades da sua gestão com contratações por dispensa de licitação que vem realizando com recursos federais para enfrentamento ao coronavírus (COVID-19).

Porto Rico- Em Nota Prefeitura esclarece sobre Operação da PF

A bola da vez da prefeita Tatyana Mendes são contratos com uma malharia que já somam R$ 189.748,00, enquanto trabalhadores locais do ramo foram contratados para fornecimento de máscaras com contratos insignificantes comparados a essa malharia.

Não é a primeira vez que uma malharia entra na suspeita de superfaturamento com a prefeitura de Porto Rico, a prefeita Tatyana Mendes,  assinou contrato com  a empresa,  F.R.P DE SOUSA MALHARIA da cidade de São José de Ribamar, no valor de R$ 470.885,00 lá no inicio de 2018.

A Polícia Federal, em seu blog oficial, deixou claro que Porto Rico do Maranhão é alvo das investigações, está na mira da Operação Cobiça Fatal. Confira

Operação Cobiça Fatal desarticula associação criminosa envolvida em fraude à licitação