Primeira Dama recebeu auxilio emergencial no interior do Maranhão
Compartilhe

Nas últimas semanas as fraudes no auxilio emergencial do governo federal, vem tomando conta dos noticiários nacional, destinado à famílias que ganham até três salários mínimos tem sido objeto de ganância e desejo por parte de algumas ricas.

Prefeito Gerado Amorim e Primeira dama Walkíria Amorim

A bola da vez é a atual primeira dama do município de Peri Mirim, Walkíria Amorim França, que recebeu o auxilio emergencial. Depois que muitos casos foram descobertos, gerando grande revolta popular e os casos acabaram por ganhar repercussão nacional, a primeira dama de Peri Mirim sentiu-se acuada e resolveu devolver o beneficio.

Ela emitiu uma nota tentando desfazer o mau entendido, mesmo com a emissão da nota o fato não ganhou repercussão, o prefeito fez questão de abafar o caso e ninguém toca no assunto na cidade. Vale ressaltar que a primeira dama é inscrita em programa social desde 2016, fica a pergunta: quem recebeu esse benefício de programas sociais nos últimos 4 anos, já que a inocente não sabia?

Walkíria já foi assunto nacional ainda no primeiro ano da atual gestão, com direito à matéria veiculada no G1, um dos maiores portais de notícias do país. Confira a matéria.

Em 2017 o MP-MA ingressa ação contra prefeito Geraldo por nepotismo, na ocasião o Ministério Público identificou que o filho do prefeito, José Geraldo Amorim Pereira Filho, João Domingos Amorim Pereira, irmão dele, e outro irmão do prefeito, Antônio Amorim Pereira, além da ex-esposa de Geraldo, Indiara Araújo Pereira, e a atual companheira do prefeito, Walkíria Amorim França todos ganharam altos cargos na prefeitura de Peri Mirim.

Relembre o caso: