Sargento da Aeronáutica atenta contra vida de ex companheira após ir morar com a irmã da vitima
Compartilhe

Recebemos nesta segunda-feira (11) denúncia através do nosso WhatsApp que um Sargento da Aeronáutica lotado no Centro de Lançamento de Alcântara – CLA, tentou contra a vida da sua ex companheira em São Luís com disparos de arma de fogo.

O Sargento da Aeronáutica, Hercílio do Lago Alves foi preso em flagrante pelos crimes de violência doméstica além de enquadrado também  na Lei Maria da Penha, o crime ocorreu no bairro Maioba-Trizidela, na capital São Luís, por volta das 23h da noite do último domingo (10) dia das mães, o sargento teria efetuado dois disparos com uma pistola Taurus .40 atingindo sua ex companheira Milena dos Reis Abreu no ombro.

A vitima foi socorrida e levada para um hospital local, segundo informações que recebemos, o principal motivo do crime foi um desentendimento familiar causada pela forma que aconteceu a separação do sargento Hercílio com sua ex companheira Milena. O sargento da FAB teria terminado seu relacionamento para ficar com a irmã da sua ex, Marcia dos Reis Abreu.

Essa separação acabou criando um clima muito tenso dentro da família, criando descontentamento por parte de familiares da vitima com o sargento e com sua atual companheira, Marcia, que foi acusada por roubar o marido da irmã.

O sargento pagou fiança de R$ 2.000,00 e ficou a disposição do comando local da FAB e segundo apuramos ele encontra-se preso no quartel da Aeronáutica em Alcântara, onde responderá por processos disciplinares e administrativos, além de responder processo de natureza penal por violência doméstica e Lei Maria da Penha, os dois crimes somados podem render pena de detenção de 6 anos ao acusado.

Em seu depoimento o sargento diz que a mais de 15 anos dá instrução de armamento, mas que os tirou foram acidentais e que sempre anda armado por conta de ameaças que vem sofrendo de alguns familiares da sua ex. Fica a pergunta como um homem que ministra a mais de 15 anos instrução de tiros pode efetuar disparos acidentais em uma situação de pouco estresse que estava vivenciando na ocasião?

Entramos em contato com o Centro de Lançamento de Alcântara para saber quais medidas administrativas e disciplinares foram tomadas, e qual destino do sargento Hercílio, mas até o deadline da matéria não obtivemos resposta por parte da FAB.

Deixe seu comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Open chat