Viana: População vai às ruas pedir justiça pelo assassinato de professor
Compartilhe

A passeata reuniu milhares de pessoas, que percorreram as ruas da cidade em motos, carros e a pé

Moradores da cidade de Viana, na baixada maranhense, foram às ruas neste fim de semana para pedir justiça pela morte do professor e agrônomo, Marcos Carvalho, conhecido como Marcos de Dulcídio.

O crime ocorreu no último dia 19 de junho, e foi praticado por dois indivíduos em uma moto, de acordo com informações da polícia.

A passeata reuniu milhares de pessoas, que percorreram as ruas da cidade em motos, carros e a pé, ostentando faixas pedindo celeridade na solução do caso.

A Polícia Civil do Maranhão ainda segue as pistas para identificar os autores do assassinato, e imagens de câmeras de segurança captaram a movimentação de dois suspeitos em uma moto. Os suspeitos seguiram a vítima pelas ruas da cidade, até executá-la a tiros na porta da casa do seu pai.

Entenda o caso

O engenheiro agrônomo e professor, Marcos Carvalho, conhecido como Marcos de Dulcídio, foi assassinado com três tiros, no início da noite de sexta-feira, 19 de junho, no município de Viana, na baixada maranhense. O crime aconteceu na frente da casa do pai da vítima, que havia falecido dias atrás em decorrência de Covid-19.

Testemunhas informaram que dois suspeitos em uma moto praticaram o crime. O professor passou dirigindo o seu carro e foi seguido pela dupla. Já em frente à casa do pai da vítima, o garupa sacou a arma e efetuou três disparos, se evadindo rapidamente do local.

Marcos de Dulcídio ainda foi socorrido e levado para o hospital Dr. José Murad, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

O professor era irmão do médico urologista, Dr. José Mauro Carvalho e neto de Ozimo de Carvalho, farmacêutico vianense, patrono da Academia Vianense de Letras.

Fonte: Jornal Pequeno