Nivaldo Araújo, Vice-Prefeito de Alcântara, assina ofício com representantes de mais 5 municípios, que beneficiará centenas de famílias
Compartilhe

A pesca artesanal é uma das principais atividades socioeconômicas desenvolvidas na região da baixada maranhense e a invasão da água salgada ameaça o sustento de centenas de famílias. A solução para esta situação é a construção de uma barragem, para conter à água doce e combater a invasão da água salgada nos campos pelos igarapés nas áreas mais baixas da região.

Nesta sexta-feira (16/04), na cidade de Bequimão, os representantes das cidades da região, debateram a construção de uma barragem, chamada de Maria Rita, que possui aproximadamente 12km de extensão e interliga e beneficia os municípios de Alcântara, Bacurituba, Bequimão, Peri Mirim e São Bento, fazendo a separação dos manguezais na bacia do Rio Aurá e os campos alagados da baixada, além de beneficiar alguns municípios mais distantes, como Cajapió, Palmeirândia e São Vicente Ferrer.

Um dos principais objetivos da construção da barragem é de ajudar a preservar atividades dos agricultores familiares, criadores de animais de pequeno porte e criadores peixe e gado bovino e bubalino.

O Secretário de Estado Adjunto da Agricultura Familiar (SAF), Ivaldo Rodrigues, apresentou ideia sobre a possibilidade de união dos representantes dos municípios da Baixada, para facilitar os diálogos entre as gestões. Prontamente e aceito pela maioria, o representante de Alcântara, Nivaldo Araújo incentivou a criação de um consorcio entre os municípios.

Em seguida, os representantes assinaram um Oficio destinado ao Secretário de Estado da Agricultura, Rodrigo Lago, para garantia dos direitos das centenas de famílias que serão beneficiadas.

Participaram da reunião, além do Secretário Adjunto de Agricultura Familiar e o Vice-Prefeito de Alcântara, Nivaldo Araújo, a Prefeita de Bacurituba, Letícia de Siba, Prefeito de Bequimão, João Batista, Prefeito de Peri Mirim, Heliezer Soares, o Prefeito de São Bento, Dino Penha e Daniella Máximo, coordenadora de Produção Inclusiva do Estado.

Mais uma vez o município de Alcântara demonstra ter uma gestão com Prefeito e Vice-Prefeito alinhados, encabeçando decisões estrategicamente estabelecidas para o desenvolvimento de Alcântara e também da região, já mostrando um distinto modo de governo.

Abrir converva
Olá!
Como posso ajudar?