O pacto do capeta — Nilson Garcia e Wellington Muniz fecham parceria em Palmeirândia

AJUDE COMPARTILHANDO

A boa política se faz com debates, diálogos e uniões entre lideranças, nesse contexto aconteceu em Palmeirândia neste domingo (05), o encontro que selou definitivamente a união dos grupos Garcia e Muniz. Uma aliança elabora em cima de muita desconfiança e críticas, além do cheiro de traições em um futuro próximo.

É de conhecimento popular que o empresário Wellington Muniz, o mais novo aliado do ex-prefeito Nilson Garcia, era um dos seus principais críticos e inimigos políticos e pessoais, ele muito já chamou Nilson Garcia e sua família de bandidos, e criticava duramente a Oligarquia Garcia.

A improvável aliança Garcia/Muniz foi celada e já nasceu ceifando de vez o discurso de moralidade, probidade e transparência que Wellington Muniz tanto profere em suas redes sociais. Elas já serviram de picadeiro para outrora ele discorrer críticas e imputar crimes praticados pelo seu mais novo amigo, Nilson Garcia e sua família.

Após criticar alianças que Nilson Garcia realizou no passado, onde Wellington Muniz chegou a dizer que: ”a oligarquia, pode fazer até pacto com o Capeta”, agora ele fechou um pacto do capeta com Nilson Garcia.

A internet não perdoa e o print é eterno. Confira a seguir como Wellington Muniz tratava seu mais novo melhor amigo:

Com base nessa pequena análise de fatos o que se pode retirar da junção de Nilson Garcia e Wellington Muniz é:

A preocupação de um homem que chamava outrora seu principal adversário político com uma extensa adjetividade criminosa e moralmente questionável hoje estão caminhando juntos, estabelece um limite de princípios e valores rompidos com tudo que se dizia pregar e compactuar.

É evidente que uma aliança nascida no desespero de quem não consegue viver longe do poder com alguém que almeja um chegar a cadeira do executivo municipal apenas para realização pessoal e ostentar uma faixa por simples capricho não renderá bons frutos ao município de Palmeirândia.

Uma aliança entre um já comprovado corrupto que responde por dezenas de processos por desvios de recursos públicos e um falso moralista, que conhece toda história de desmandos, corrupção, sucateio e destruição de patrimonio público e sonhos, em Palmeirândia, não irá trazer bons frutos ao povo.

Deixe seu comentário

error: