Skip to content

Palmeirândia: Presidenta da Câmara Municipal participa de eleição da Colônia de pescadores rasgando decreto da prefeitura que proíbe eventos no município

AJUDE COMPARTILHANDO

Em Palmeirândia os maus exemplos por parte de agentes públicos durante a pandemia seguem a todo vapor, agora foi a vez da presidenta da Câmara Municipal, vereadora Rayssa Campos (PSDB) e o ex vereador Luis Alfredo, que desrespeitaram decretos municipal e estadual, expondo as pessoas ao perigo durante pleito para escolha da nova diretoria da Colônia de Pescadores Z-65 de Palmeirandia.

Está virando moda no município agentes públicos criarem, participarem e compartilharem nas redes sociais aglomerações durante a pandemia e ainda desrespeitam um decreto municipal em vigor que proíbe quaisquer aglomerações de pessoas em local público ou privado em toda região do município de Palmeirândia, assim como a realização de eventos, tais como: shows, congressos, plenárias, torneios, jogos, apresentações teatrais, sessões de cinema, festas em casas noturnas e similares, bares, restaurantes, churrascarias, lanchonetes, feiras, cultos, missas e demais reuniões em todas as entidades religiosas.

O decreto entrou em vigor no dia 25 de março e estará vigente até as 00h00 do dia 29, ou seja, só a partir desta segunda-feira que o decreto estará revogado, sendo assim, o evento que aconteceu hoje na Colônia de Pescadores foi um ato ilegal e irresponsável que contou com apoio da presidenta Rayssa Campos, que fez questão em dá publicidade do ato em suas redes sociais.

Confira o decreto:

Decreto-n°16-1

Ontem noticiamos outro desrespeito envolvendo agentes públicos que quebraram os decretos e botaram a cabra para berrar em uma festa clandestina, neste domingo temos a chefe do legislativo junto a um ex vereador promovendo essa afronta a saúde pública, a lei e a harmonia entre os poderes.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.