Polícia interrompe festa clandestina com mais de 200 pessoas na Estrada da Maioba
Compartilhe

Na noite desta sexta-feira (5), uma operação das polícias militar e civil, além do Ministério Público do Maranhão, descobriu e conseguiu interromper uma festa clandestina dentro de uma chácara na Estrada da Maioba, em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.

“A festa estava no início e já tinham mais de 200 pessoas dentro. Ninguém usando máscara. Eles também vendiam bebidas no balde. Cinco a seis congeladores, todos abastecidos com bebida alcoolica”, afirmou o delegado Walter Wanderley, que participou da operação.

Cinco seguranças foram detidos porque estavam como cúmplices da festa, mas foram liberados na delegacia. O suspeito de ser o líder do evento se chama ‘Bruno’, mas conseguiu pular um muro e fugir da chácara, segundo a polícia.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a festa tinha música ao vivo e os carros eram colocados para dentro do ambiente, para não haver suspeita. O convite também era feito sem apresentar o local, que só era divulgado no dia do evento.

A polícia não fez imagens da festa acontecendo, apenas depois que foi interrompida. A operação, chamada ‘Harpócrates’, ocorreu por conta das novas medidas de restrição a aglomerações impostas pelo Governo do Maranhão, que vão até o dia 14 de março.

A determinação do governo do estado proíbe a realização de eventos nos quatro municípios da Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa), por conta da alta no número de casos do novo coronavírus.

Fonte: G1

Abrir converva
Olá!
Como posso ajudar?