“Torturador psicológico”, ex-prefeito é denunciado por deputada na tribuna da Assembleia, confira o vídeo do pronunciamento

AJUDE COMPARTILHANDO

A deputada estadual Daniella Tema (DEM) usou a tribuna da Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira (15), para denunciar o ex-marido, o ex-prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, de tortura psicológica e perseguição.

Após a separação iniciou a circulação de várias matérias caluniosas acusando-a de traição, entretanto, a deputada em seu pronunciamento de hoje relatou que as traições partiram sempre do ex-marido, que já vinham dormindo em quartos separados a mais de um ano e que a situação não dava mais para suportar e resolveu por um fim no relacionamento.

A deputada relatou viver um verdadeiro inferno, sofrendo muita pressão e torturas psicológicas, que o marido a pressionava para viver um casamento de aparência para a sociedade. Ela chamou atenção para os casos de tortura psicológica vivenciadas por mulheres em relacionamentos abusivos, da dificuldade das mulheres em receberem apoio da sociedade, por conta do machismo.

OPINIÃO

Deixamos aqui nossa solidariedade a deputada, e a opinião desse jornalista/blogueiro, é que ao ver tantas acusações a deputada, mesmo sem a conhecer, mas pelos modus operandi das milícias digitais usadas para a acusa-lá de traição interesse financeiro, aponto que: se ela realmente tivesse interesse financeiro e de poder continuaria em um relacionamento tóxico, com um homem poderoso que queria manter aparência de bom pai de família provedor e que usaria seus contatos e estrutura para reeleger a esposa.

De toda forma, é notório e de conhecimento de todos às matérias que vem sendo vinculadas difamando a deputada, eu pessoalmente, já havia visto inúmeras e me sinto triste por parceiros estarem prestando tal desserviço atacando uma mulher acusando-a apresentar provas ou apontando quaisquer condutas que prove que ela cometeu adultério em seu casamento.

Enquanto uns lucram com a dor e destruição psicológica de uma pessoa que sofrem abusos suas vítimas acabam recebendo ataques da sociedade em julgamentos precoces em base de informações infundadas e maliciosas com objetivo de atingir violentamente às vítimas.

Deixe seu comentário

error: