‘Maranhão no Campo’ aborda vacinação contra a febre aftosa e a brucelose no estado

|

 Agência Assembleia

Clique aqui e assista à entrevista na íntegra

A campanha de vacinação contra a febre aftosa e a imunização contra a brucelose foram temas da entrevista da edição do programa ‘Maranhão no Campo’, neste sábado (4), na TV Assembleia. O apresentador Mário Porto recebeu a fiscal agropecuário da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), Margarida Prazeres.

Durante a entrevista, Margarida Prazeres destacou que esta é a última etapa de um trabalho desenvolvido durante décadas e que tornará o Maranhão livre de febre aftosa sem vacinação. “Para receber a certificação de zona livre é necessário um processo que está em curso e, agora, estamos aptos a retirar essa vacina”, destacou a fiscal agropecuário sobre a certificação nacional de zona livre de aftosa sem vacinação, que o Maranhão recebeu no dia 2 de maio, por meio de portaria do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

Ela frisou o engajamento do setor privado para esta conquista, destacando o comprometimento dos criadores. “O produtor é o principal vigilante neste processo, vamos tirar a vacina, que é o principal mecanismo de proteção, mas vamos substituir por outro, que é a vigilância”.

Segundo Margarida Prazeres, mais de 80% do país, em maio de 2025, deverá estar nesta condição de zona livre sem vacinação contra a febre aftosa.

Brucelose

Margarida Prazeres também ressaltou a importância da vacinação do rebanho contra a brucelose. “O produtor deverá levar a comprovação da vacinação das bezerras contra a brucelose. Precisamos fazer uma grande notificação de todas as práticas de defesa do rebanho que estão sendo executadas nas propriedades rurais”, ressaltou Margarida Prazeres.

Ela ressaltou que, diferente da imunização contra a aftosa, a brucelose não tem um mês específico para acontecer, mas que a medição do percentual de vacinação é feita pela AGED semestralmente. “Tem uma idade específica para vacinar e são imunizadas somente fêmeas bovinas, além disto, a aplicação das doses é feita por um médico veterinário. Com a vacina aplicada, o produtor deve comprová-la junto à AGED”, explicou.  

O programa Maranhão no Campo vai   ao ar aos sábados, às 8h, na TV Assembleia (canal 9.2), com reprise aos domingos, no mesmo horário.

Leia mais notícias em joerdsonrodrigues.com.br siga nossa página no Twitter, Facebook e no Instagram @joerdsonrodrigues. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por meio do WhatsApp (98) 93300-0985.

Deixe seu comentário