China anuncia que irá combater a covid-19 com cloroquina

|

Comissão Nacional de Saúde do país recomenda uso do medicamento defendido pelo presidente Jair Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, ganha mais um aliado na defesa do uso da cloroquina em tratamentos contra a covid-19. Apoio esse que, a saber, vem do país responsável pelos primeiros registros da doença

Thank you for reading this post, don't forget to subscribe!

De acordo com reportagem publicada ontem pelo site do South China Morning Post, que é editado em Hong Kong, a Comissão Nacional de Saúde apresentou novas diretrizes para se combater a pandemia. E, assim, a cloroquina entra na lista de medicamentos indicados pelo órgão.

“Certo grau de eficácia para o tratamento”

Alguns medicamentos podem demonstrar um certo grau de eficácia para o tratamento em estudos de observação clínica, mas não existem medicamentos antivirais eficazes confirmados por ensaios clínicos duplo-cegos controlados por placebo”, diz a diretriz da comissão chinesa, conforme informa o South China Morning Post.

A nova recomendação vinda do país asiático só vale, entretanto, para a cloroquina. Nesse sentido, a Comissão Nacional de Saúde afirma que não é recomendável fazer uso da hidroxicloroquina e nem de sua combinação com a azitromicina.

Comemoração

Durante a live que realizou na noite de hoje, Bolsonaro comemorou a mais nova recomendação de autoridades chinesas em relação ao combate ao novo coronavírus. “A nossa cloroquina chegou na China. Vamos ver o que a grande mídia vai falar sobre isso aqui”, disse o presidente.

Leia mais notícias em joerdsonrodrigues.com.br siga nossa página no Twitter, Facebook e no Instagram @joerdsonrodrigues. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por meio do WhatsApp (98) 93300-0985.

Deixe seu comentário