A CONTA CHEGOU! PF investiga compra de ressucitadores e outros itens por dispensa de licitação durante a pandemia de covid-19 pela prefeita Paula Azevedo

|

Em meio à crise sanitária global da covid-19, a cidade de Paço do Lumiar se vê envolvida em um suposto escândalo de corrupção que vem terminar de abalar a gestão da prefeita Paula Azevedo e seus aliados.

Documentos e depoimentos apontam para um suposto esquema de desvio de fundos públicos municipais destinados ao combate da COVID-19, colocando em xeque a gestão dos recursos durante o período pandêmico.

Itens da compra com dispensa de licitação

Comprovantes de pagamentos abaixo:

A possível roubalheira de recursos custou a vida de muitos luminenses inclusivo do ex-candidato a vereador de vereador Toinho Abreu, que morreu de covid-19 por falta de ressucitador e insumos durante o período, não sendo um caso isalado, pois outras centenas cidadãos foram vítima da pandemia no município e poderia ter chance de sobreviver se contassem com hospitais devidamente equipados.

A Polícia Federam está na cola da empresa J K Comércio e Representações LTDA, contratada para fornecer materiais médico-hospitalares essenciais, está no centro das acusações. O contrato administrativo nº 001/2020/DISPENSA/05/2020 e o processo administrativo nº 2142/2020 detalham a aquisição de 28 respiradores, equipamentos vitais para o tratamento de pacientes graves da COVID-19, que nunca foram entregues.

Este caso não é isolado, ele se assemelha a investigações anteriores sobre a compra de ares-condicionados, agora sob escrutínio do Ministério Público do Maranhão (MPMA), através do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), e da Polícia Federal.

A trama se complica com a descoberta de que a proprietária da empresa é Jakeline Ferreira de Sousa Sampaio Borba, esposa do ex-assessor jurídico da prefeita Paula Azevedo, Marciano Borca, durante o período de 2019/2020, levantando suspeitas de favorecimento em um contrato por dispensa de licitação sem entrega de equipamentos e emissão de notas fiscais.

O blog Joerdson Rodrigues obteve informações que uma funcionária a época do setor de licitações da prefeitura identificada como Fernanda Santos Chaves foi intimada pela Polícia Federal e prestou depoimento nesta semana.

Veja a intimação:

Leia mais notícias em joerdsonrodrigues.com.br siga nossa página no Twitter, Facebook e no Instagram @joerdsonrodrigues. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por meio do WhatsApp (98) 93300-0985.

Deixe seu comentário