EX-CONSELHEIROS TUTELARES MOBILIZAM CANDIDATURA COLETIVA “VOZ” PELO PDT EM SÃO LUÍS

|

O pré-candidato a prefeito de São Luís, Fábio Câmara, vem mobilizando as bases políticas do seu partido, o PDT, na capital, para consolidar o projeto partidário na disputa majoritária de 2024.

Como meio de ampliar o espaço de debate na cidade, Fábio Câmara reuniu-se com ex-conselheiros tutelares da zona rural em um encontro que chancelou o lançamento do coletivo VOZ, que busca representar as demandas da população da zona rural da Ilha.

Os Ex-Conselheiros Tutelares, Fábio Costa, Cilene Pires e populares da comunidade rural

Liderando o movimento, o ex-conselheiro tutelar Fábio Costa, explicou que o coletivo é múltiplo, e envolve militantes da zona rural e de defesa dos direitos da criança e do adolescente, a exemplo dos jovens líderes Darlan Mota e Cilene Pires.

Em entrevista ao Blog, Darlan Mota, que representa uma associação de conselheiros e ex-conselheiros tutelares, destacou o papel do coletivo como voz de uma população esquecida pelo poder público, que vem observando a diminuição do seu território, e que não tem nenhum representante na Câmara municipal que seja morador dessas localidades e que empunha a bandeira da zona rural com a vibração de quem nela vive.

No mesmo passo, Cilene Pires, que é mulher e militante social, disse estar animada com a composição de um coletivo democrático, dentro de um partido que tem história em São Luís e que tem um pré-candidato a prefeito, Fábio Câmara, vindo das camadas mais populares do povo maranhense e que está fazendo um debate novo para São Luis. Um debate inclusivo, com mensagem de paz e união em prol da cidade, destacou.

As candidaturas coletivas têm sido um meio importante de dar voz a núcleos populares que levam para o parlamento as vozes daqueles que não tem voz no dia a dia.

Leia mais notícias em joerdsonrodrigues.com.br siga nossa página no Twitter, Facebook e no Instagram @joerdsonrodrigues. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por meio do WhatsApp (98) 93300-0985.

Deixe seu comentário