Semana Santa superfaturada: Prefeito de Palmeirândia compra o peixe mais caro da Baixada Maranhense

|

A Prefeitura de Palmeirândia, sob gestão do prefeito Edilson da Alvorada está sob suspeita de superfaturamento na aquisição de peixes para distribuição durante a Semana Santa.

A gestão do prefeito Edilson da Alvorada fechou um contrato para a compra de tambaqui por R$ 20,30 (vinte reais e trinta centavos) o quilo, valor significativamente acima do preço praticado pelo mercado regional para essa espécie de pescado. A empresa beneficiária do contrato é a Agrolem LTDA, sediada no município de Gonçalves Dias.

O contrato, publicado nesta quarta-feira (27), foi feito em cima da hora e está orçado em R$ 203 mil (duzentose três mil reais). Ao todo, a prefeitura pretende adquirir 10 toneladas do pescado. A discrepância nos preços levanta muitas suspeitas e dúvidas sobre a lisura do contrato.

Veja a publicação no Diário Oficial:

Enquanto o município de Pedro do Rosário, também na Baixada, está comprando o mesmo peixe por R$ 12,00 (doze reais) o quilo da empresa E. N. Pinheiro, sediada em Paço do Lumiar, a Prefeitura de Palmeirândia optou por aderir a uma Ata de Registro de Preço da prefeitura de Presidente Dutra com valor superfaturado.

Tabela de preços do tambaqui e cesta básica firmado pela prefeitura de Paço do Lumiar

Outro exemplo de compra de peixe barata por prefeitura da região vem do município vizinho de São Bento, que firmou contrato com Ic Fesh do Maranhão Ltda, para aquisição de pescado que também está sendo distribuido nesse periodo de Semana Santa. A prefeitura de São Bento firmou o contrato pelo valor de R$ 10,00 (dez reais) o quilo conforme pode ser visto abaixo no contrato.

Veja o contrato da prefeitura de São Bento:

A população e os órgãos de controle aguardam esclarecimentos sobre o caso, que pode ter implicações políticas e legais significativas para a gestão do prefeito Edilson da Alvorada.

Leia mais notícias em joerdsonrodrigues.com.br siga nossa página no Twitter, Facebook e no Instagram @joerdsonrodrigues. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por meio do WhatsApp (98) 93300-0985.

Deixe seu comentário