Alema homenageia os 40 anos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias

 Agência Assembleia / Fotos: Wesley Ramos

Os 40 anos de fundação da Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias de São Luís foram comemorados nesta quinta-feira, dia 27, durante sessão solene na Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema). A homenagem foi proposta pelo deputado estadual Wellington Curso (Novo), como forma de destacar não apenas as ações de evangelização desenvolvida pela igreja, mas também sua importância para a sociedade.

Presidida pelo deputado Soldado Leite (PSD), a sessão solene contou ainda com a participação do deputado Neto Evangelista (União Brasil) e reuniu diversos integrantes da congregação cristã, no Plenário Nagib Haickel.

Com seu programa de auxílio humanitário, a Igreja tem realizado na cidade diversas ações sociais como doação regular de sangue, doação de cadeiras de rodas, de maquinários para diversos hospitais na cidade e casas de repouso de idosos, além de outras ações do programa “Mãos que Ajudam de voluntários”.

“Esse é o reconhecimento aos 40 anos de trabalho de uma igreja que tem evangelizado e levado a palavra do Senhor. Nosso mandato tem um trabalho na Assembleia Legislativa, que é o cuidado com a saúde mental e, por isso, é muito importante o trabalho da igreja, seja católica ou evangélica, para que possa levar esperança e acalmar os corações que as vezes estão aflitos”, disse o deputado Wellington do Curso, autor da homenagem.

Ato solene em homenagem à Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias, realizado no Plenário Nagib Haickel

Visibilidade

O presidente da unidade São Luís da Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias, Marcos Aurélio Silva, destacou a importância da homenagem como forma de dar visibilidade à igreja e ao trabalho desenvolvida pela instituição, que muitas vezes é desconhecido pela grande população. 

“A sociedade maranhense conhece muito dos nossos irmãos católicos, dos protestantes, dos membros das religiões de matriz africana, mas não conhece os membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias. Esse é um momento de sair da obscuridade e mostrar que cultuamos Cristo e amamos ajudar o próximo”, afirmou Marcos Auréliuo.

Atualmente, a igreja possui aproximadamente 6 mil membros na Região Metropolitana de São Luís. Além disso, a congregação também possui núcleos em Imperatriz, Itapecuru-mirim, Santa Inês, Pindaré, Bacabal, Rosário, Chapadinha e Balsas.

A solenidade contou com a presença de diversos membros da congregação em São Luís

Histórico

No ano de 1983, o marinheiro maranhense Eduardo Gomes de Freitas se mudou para a cidade de São Luís, depois de ter conhecido a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e se batizado com a família na Inglaterra.

Quando aqui chegou, ele obteve autorização do presidente da missão Brasil Recife, Paulo Roberto Puerta Filho, para abençoar o sacramento para sua família. Com o tempo, foi localizando outras pessoas na cidade que também eram membros da igreja e o grupo foi crescendo.

Em março de 1984, os primeiros missionários (Élder Maurício e Élder Pinheiro) da Igreja chegaram em São Luís e começaram a ensinar o evangelho e batizar as pessoas na Igreja. A ordenança do batismo era feita na praia ou em rios da cidade, uma vez que não havia um local para as reuniões, sendo usada a casa da família Freitas por um tempo.

Pesidente da unidade São Luís da Igreja de Jesus Cristo dos Santos Últimos Dias, Marcos Aurélio, destacou a importância da homenagem para a instituição

Dessa forma, no dia 17 de junho de 1984, foi oficialmente organizado o primeiro ramo da Igreja na cidade, com sede em uma locação no Canto da Fabril. São Luís se tornou, assim, a última capital do Brasil, na época, a ter uma unidade oficial da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. A unidade recebeu o nome de Ramo São Luís.

Leia mais notícias em joerdsonrodrigues.com.br siga nossa página no Twitter, Facebook e no Instagram @joerdsonrodrigues. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por meio do WhatsApp (98) 93300-0985.

Deixe seu comentário