Edilson da Alvorada já recebeu mais de R$ 10 milhões para saúde via emendas parlamentares; veja quem destinou a verba:

|

Prefeito Edilson e deputado Josimar Maranhãozinho

Palmeirândia está vivendo um verdadeiro caos na área da saúde e o que mais surpreende é o montante exorbitante de dinheiro que já foi destinado para o setor durante a gestão do prefeito Edilson da Alvorada.

Números assustadores entre os anos de 2021 e 2024 mostram que Palmeirândia recebeu mais de R$ 10 milhões em emendas parlamentares impositivas. Esse valor impressionante deveria ter transformado a saúde local, mas a realidade é bem diferente.

Apesar dos milhões já recebidos, a população enfrenta sérios problemas. Faltam médicos especializados, equipamentos, medicamentos e até mesmo condições adequadas nas instalações hospitalares. Os postos de saúde também sofrem com a falta de remédios e profissionais para atendimento.

Recentemente, o município foi agraciado com mais R$ 2.250.000,00 em emendas destinadas à saúde. Esses recursos vieram de três deputados: Pastor Gil, Paulo Marinho Jr e Silvio Antonio, todos do Partido Liberal (PL). Curiosamente, o PL é o partido do ex-presidente Jair Bolsonaro e do deputado Josimar Maranhãozinho.

Aqui está o que chama a atenção: o deputado federal Silvio Antônio, que obteve apenas 24 votos em 2022 em Palmeirândia, destinou R$ 500.000,00. Já o deputado Paulo Marinho, com irônicos 13 votos, destinou R$ 750.000,00. E o Pastor Gil que obteve apenas 520 votos, foi ainda mais generoso, destinando R$ 1.000.000,00.

Essas emendas destinadas em 2024 foram autorizadas seu pagamento mediante a Portaria GM/MS Nº 3.603, de 19 de abril 2024, publicada na última segunda-feira (22).

Outro fato intrigante é que o ex-deputado federal Bira do Pindaré (PSB) destinou R$ 1 milhão para a saúde de Palmeirândia. Curiosamente, ele obteve apenas 51 votos no município nas eleições de 2022 e nunca foi visto oficialmente com o prefeito Edilson, que mantém laços fortes com o deputado Josimar Maranhãozinho.

Veja abaixo os documentos que comprovam a destinação e pagamento das emendas descrita nessa matéria que totalizam R$ 10.363.213,00 (dez milhões trezentos e sessenta e três mil duzentos e treze reais):

Esses números impressionantes e as discrepâncias entre votos e destinações deixam a população de Palmeirândia perplexa. Em um ano eleitoral, é fundamental questionar como esse dinheiro está sendo aplicado e exigir transparência dos gestores.

Perguntas como: Onde foi parar todo esse dinheiro que em tese deveriam ser aplicados na saúde de Palmeirândia?

Existe uma teoria que essas emendas de 2024 seriam para ajudar na eleição de um candidato a prefeito da cidade de Pinheiro assim como na reeleição do prefeito Edilson da Alvorada, ambos ligados ao deputado federal Josimar Maranhãozinho. A fiscalização e prestação de contas desses recursos devem entrar na mira do Ministério Público Federal e da Polícia Federal.

Leia mais notícias em joerdsonrodrigues.com.br siga nossa página no Twitter, Facebook e no Instagram @joerdsonrodrigues. Envie fotos, denúncias e informações ao blog por meio do WhatsApp (98) 93300-0985.

Deixe seu comentário